domingo, fevereiro 6

Repito sempre: sossega, sossega, o amor não é pro teu bico.” Caio Fernando Abreu